27 março 2012

Eu tive um sonho, vou te contar...

A noite passada eu sonhei que estava produzindo uma banda que eu amo. Que massa, cara!
Nossa, como em um sonho pode acontecer coisas que nunca aconteceriam em apenas 4h30?!
Para não esquecê-lo, principalmente o que mais me chamou atenção, vim aqui, óbvio. (Rs.)

Lembro que eu "pegava" uma conversa, do grupo, em que queixas da produtora anterior eram feitas e afirmações positivas a respeito da nova experiência que estavam iniciando. Nem vou dizer o nome da produtora ou vão falar que estou sendo implicante, ciumenta, recentida, etc; (Que boba, eu! Rs.)
Que no dia 1º de maio eu não ía folgar, como na vida real ocorrerá, mas que eu certamente estaria mega, hiper, ultra feliz, pois estaria produzindo um show no Paraguai; (Deixe-me sonhar, por enquanto! Rs.)
Estreia na produção de um show em uma comunidade carente, onde os ingressos custavam R$15,00 e alguns amigos faziam questão de entrar gratuitamente; (Acho que isso não muda nem em sonho! Rsrsrs.)
E o que mais me tocou: Surgiram duas meninas e uma delas abraçava uma das integrantes do grupo e dizia que havia cantado para a irmã a música que tinha aprendido com a cantora, conforme combinado entre elas. A menina contava que sua irmã havia dito que não estava mais irritada com ela e, sim, extremamente irritada. A garotinha, com os olhos cheios de lágrimas, dizia não se importar com o comportamento de sua irmã, batia os ombros e falava que sabia que ela não estava bem e que aquilo tudo iria passar.


Acho que estou sensível demais!! Ou sentimental?! Chega!! (Rs.)
Deixa eu colocar uma música, a que melhor representa esse simples sonho que tive e que faz parte de um imenso sonho que aos poucos vai se realizando.







Felicidade (Gonzaguinha)

Quando a gente canta
Somente aquilo que a gente sente
Profundamente
Não há lugar nenhum para canção doente
Porque a alegria se derrama quente
Pois quando a gente canta alegria
A força da canção explode
Se irradia
É como a luz do sol sendo a luz da gente
É como a luz da gente sendo a luz do dia

Ô, felicidade
Eu quero andar na vida namorando você
Por todos os caminhos onde eu descobri
Que apesar de tudo meu povo sorri
Ô, felicidade
Meu coração não mente
quando canta e diz:
Eu faço exatamente
o que sempre quis
É muito importante que eu seja feliz!