14 abril 2015

Zap zap

Sabe quando você precisa ouvir, de alguém, algo que carimbe/assine/ateste um novo "estado" seu que sequer conseguiu identificar ainda qual seja? Acho que acabei de ouvir e resolvi transcrevê-lo. Mais, vim deixá-lo aqui. É isso.



"Não, mas foi bom ouvir... Foi bom. Cê se expressar, né? Eu ficar sabendo como você tá. 
Sabe a coisa mais engraçada? É que eu vi uma foto sua no facebook e depois vi essa... É estranhíssimo. 
Assim, porque o que eu vou te falar não é racional, mas eu tô te achando mais adulta. Não sei, até a maneira de você se expressar agora... Mais mulher mesmo. 
Você sempre foi tranquila, sempre me passou uma postura de tranquilidade, de serenidade, de equilíbrio... Né? De introspecção. Mas eu tô te achando, realmente... A palavra é estranha, mas... 'Superior'. Sabe qual é? Superior."

14/04/2015 - 01:03AM



Esse "superior", na verdade, quer dizer apenas equilíbrio (ou um caminhar para isso), saída da posição de inferioridade. Meio vago esse assunto, solto demais, eu sei... Mas o bate papo que girou em torno desse fragmento dá sentido e validade ao que foi dito. A ideia de hoje foi deixar registrado mais uma mudança, algo que não havia sido notado ainda, apenas sentido.