30 setembro 2010

Surpresa!

Putz, hoje ouvi uma frase de uma amiga que foi lá dentrooo... cara, é isso! Agora eu quero, e aí?
Dentro desse assunto que não vem ao caso detalhar no momento, tendi a pensar noutra coisa...

O momento em que estou vivendo é uma surpresa? O momento em que você está vivendo é uma surpresa?
Li que surpresa é o presente, não aquele embrulhado num papel bonito, mas o que estamos passando, vivenciando, o significado disso tudo.
Aí me pergunto: qual a finalidade, o motivo desse presente?
Creio que seja algo além do que esteja acontecendo, do que estejamos presenciando.
Mas o que será? Será o quê?
Pode ser encantador, desencantador; uma chance, uma parada no percurso ou apenas um descanso; bom ou ruim; certo ou errado.
Bem, acho que é surpresa... né?
Oras, é um segredo desvendado!
Segredo e surpresa caminham juntos, um colaborando para o outro existir.
É a surpresa! Mas vamos ficar só com ela... deixa o segredo pra depois. rs

Gosto do que envolve uma surpresa por não sabermos, por não termos a sensibilidade de saber das coisas que poderão acontecer. Nada de bolas de cristal. (inclusive, detesto quando pensam que tenho uma!)
Mas descobrir uma surpresa também pode ser interessante... desvendamos segredos até chegar nela: surpresa!

Qual poderia ser?
Não sei.








Acho que vou comprar um desses hoje... quero o mínimo que for de emoção!